Tratamento de Chorume de Aterros Sanitários

PUBLICADO: 29/03/2019

O Chorume é o líquido que se forma em Aterros Sanitários como resultado da decomposição dos resíduos acrescido das águas da precipitação pluviométrica. Tem grande quantidade de matéria orgânica (elevada DBO*/DQO**) e de nitrogênio amoniacal, sendo por isso, de alto potencial poluidor das águas.

Por apresentar substâncias altamente solúveis, o chorume pode contaminar as águas do subsolo nas proximidades do aterro. A presença do chorume em águas subterrâneas pode ter consequências extremamente sérias para o meio ambiente e para a saúde pública por apresentar compostos altamente tóxicos inconvenientes de ter que adicionar mais compostos químicos a um meio que já se encontra muito agressivo ao meio ambiente. Além do mais, o desempenho de cada processo está relacionado à natureza química do chorume utilizado no tratamento, sendo que os resultados podem ser influenciados pela idade, carga orgânica, clima etc.

Lagoa de Chorume da estação de tratamento do Aterro sanitário Terrestre Ambiental na cidade de Santos - SP

Técnicas empregadas para tratar o percolado

O chorume é bem mais agressivo que esgoto e precisa de tratamento adequado. O tratamento de chorume é uma medida de proteção ambiental, de manutenção da estabilidade do aterro e uma forma de garantir uma melhor qualidade de vida para a população local.

O chorume deve ser coletado através de drenos horizontais e destinado a uma estação de tratamento.

A remoção dos distintos contaminantes presentes no lixiviados (chorumes), DQO, DBO5, Nitrogênio amoniacal e metais pesados, se faz necessário adotar combinações de diversos tratamentos habitualmente empregados na depuração das águas residuais.

A seguir são descritas algumas das técnicas mais utilizadas relatadas na literatura para o tratamento de chorume:

1. Tratamento Primário

A finalidade do tratamento primário é remover partículas coloidais, material sólido em suspensão e ajustar o pH para o posterior tratamento do efluente.

A coagulação é um processo muito utilizado por promover a clarificação de efluentes Industriais contendo partículas coloidais e sólidos em suspensão. Este processo consiste na adição de agentes químicos para neutralizar as cargas elétricas das partículas, ocorrendo ligações químicas e absorção das cargas superficiais presentes, havendo necessidade de aplicação de elevada energia a mistura.

2. Tratamentos Oxidativos

Em busca de tecnologias limpas, com alto poder de destruição dos poluentes, surgiram os Processos Oxidativos Avançados (POAs), altamente eficientes para destruir substâncias orgânicas de difícil degradação e gerar como produtos finais da reação CO2 e H2O

Os POAs são processos que geram radicais hidroxila (OH) altamente oxidantes, capazes de oxidar completamente as moléculas orgânicas presentes em águas poluídas. A Oxidação com ozônio, com peróxido de hidrogênio combinados ou não com radiação ultravioleta (UV), bem como a foto catalise se constituem nos POAS com alto potencial de uso.

3. Tratamento Biológico

O tratamento biológico tem se mostrado pouco eficiente para chorumes provenientes de aterros velhos, devido a presença de compostos recalcitrantes.

Dentre os processos biológicos encontrados na literatura para o tratamento de chorume destacam-se: lodos ativados, lagoas aeradas e filtros biológicos.

4. Processos de Separação com Membranas

O fracionamento é uma técnica laboratorial que permite estimar os intervalos de massa molar dos componentes de uma mistura. Para tal, utiliza-se um processo de separação por membranas, que em função das suas características podem ser classificadas como: microfiltração, ultra filtração, nano filtração e osmose inversa.

5. Evaporação

É um processo de destinação do chorume que pode ser considerado para regiões em que as condições climáticas favorecem a evaporação.

6. Recirculação

A recirculação do chorume, segundo alguns autores, pode ser considerada um método de tratamento. Além de reduzir o volume por evaporação, aumenta a degradação anaeróbia no interior do aterro com a conversão dos ´ácidos orgânicos em CH4 e O2, promovendo a melhor distribuição de nutrientes e umidade. É uma ´técnica que se adapta as condições ambientais do Brasil, como temperatura, ventos e irradiação solar que favorecem a evaporação.

7. Neutralização

A neutralização é um método de tratamento mais simples e comum para contaminantes inorgânicos, que envolve a adição de ácidos ou bases para ajustar o pH em níveis aceitáveis entre 6-9. É uma reação que produz sais solúveis e insolúveis, sendo usada no tratamento de chorume, para acondicioná-lo para outras etapas de tratamento

8. Eletroquímico

O processo eletrolítico é mais usado para recuperação de metais, e consiste na passagem de uma corrente elétrica entre dois eletrodos. Em tratamento de chorume está técnica é utilizada para recuperação da concentração de DQO.

9. Wetlands

Os Wetlands são descritos como sistemas artificiais, que têm como princípio básico a modificação da qualidade da água que ocorre nos Wetlands naturais como várzeas dos rios, igapós da Amazônia, banhados, pântanos, manguezais etc. Estes sistemas apresentam uma ação depuradora devido à absorção de partículas pelo sistema radicular das plantas, pela absorção de nutrientes e metais pelas plantas, pela ação de microrganismos associados à rizosfera. Neste sistema o fenômeno natural da evapotranspiração também contribui para a redução do volume produzido. É um sistema considerado economicamente viável pois apresenta baixo custo de implantação, alta eficiência de melhoria dos parâmetros que caracterizam os recursos hídricos, alta produção de biomassa, que pode ser utilizada na produção de ração animal, energia e biofertilizantes.

Water Lily - planta aquática da família das Nymphaeaceae, mesma família da Vitória Régia, ajudam na recuperação de águas poluídas.

Alguns pesquisadores destacam o uso deste sistema de Wetlands como um polimento final, após um tratamento biológico, para promover a remoção adicional da matéria orgânica e da amônia, além de promover a desnitrificação. O alto teor de amônia encontrado no chorume pode prejudicar o sucesso desta técnica quando empregada como a única forma de tratamento.

10. Remoção de Voláteis e Amônia

Resultante dos processos bioquímicos, o nitrogênio contribui muito para a poluição das águas, podendo ser encontrado na água residuárias sob a forma de nitrogênio orgânico, amônia ou ainda na forma de nitritos e nitratos. A amônia apresenta-se na forma livre NH3 e/ou ionizada (NH4).

O nitrogênio amoniacal pode ser removido das águas residuárias por volatilização.

Este processo de arraste da amônia envolve a elevação do pH para níveis altos, usualmente na ordem de 10,5 a 11,5. A amônia pode ser removida por arraste (Stripping), por cloração ou ainda por outros métodos prévios de remoção de metais.

Arraste com ar consiste em um processo físico de transferência dos compostos orgânicos voláteis com a injeção de ar na água através de difusores ou outros mecanismos de aeração.

Autor: Sidney Zanelli Júnior

* D.B.O.: Demanda Bioquímica de Oxigênio.

**D.Q.O.: Demanda Química de Oxigênio.

Fontes Bibliográficas:

-Mota, Suetônio. Introdução À Engenharia Ambiental. Editora Abes

-SILVA, ALESSANDRA CRISTINA Tratamento do Percolado de Aterro Sanitário e Avaliação˜ da Toxicidade Rio de Janeiro 2002 IX, 79 p., 29,7 cm, (COPPE/UFRJ, M.Sc., Engenharia Civil, 2002) Tese - Universidade Federal do Rio de Janeiro, COPP

Palavras Chave: Tratamento de Chorume; Aterro Sanitário; Lixiviado;

A FOXWATER é especialista em de tratamento de água e efluentes industriais e domésticos.     

Está presente no mercado a mais de 25 anos, atuando nacional e internacionalmente.

Possui profissionais especialistas, Tecnologias de última geração, Equipamentos automatizados, para tratamentos de efluentes como esgoto doméstico, esgoto industrial, chorume, água para reuso, desaguamento de lodo, descontaminação de águas subterrâneas, dessalinização e outros tipos de efluentes.

Para mais informações entre em contato com a FOXWATER, sempre temos um profissional pronto para atender você!

Telefone: (19) 3262-0730

Vendas@foxwater.com.br

https://www.foxwater.com.br/2/contato

QUER RECEBER NOSSAS PUBLICAÇÕES? DEIXE SEU CONTATO: